Event: Webinar “Educação em contexto de incerteza”

post img

Ana Paula Laborinho

Dia 18 de Dezembro 2020

15h00

 

O Centro de Investigação em Educação Básica (CIEB) promove no dia 18 de Dezembro de 2020, pelas 15h00, um webinar intitulado “Educação em contexto de incerteza” pelo Professora Doutora Ana Paula Laborinho (Diretora da representação em Portugal da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura).

De forma a garantir a sua participação inscreva-se AQUI até ao final do dia 16 de Dezembro de 2020. Receberá posteriormente o LINK de acesso ao webinar.

A pandemia teve fortes impactos na educação e obriga a repensar a escola, o que se ensina e como se aprende, sendo já considerado um acelerador de transformações. O Secretário Geral das Nações Unidas, António Guterres, considerou a atual situação uma “catástrofe geracional” pelos impactos muito negativos que pode ter, fazendo retroceder muitas das conquistas alcançadas, nomeadamente mais alunos, menos abandono escolar, menos desigualdades no acesso, mais formação de professores. Sabemos como a diminuição da pobreza tem uma relação muito direta com a melhoria da educação e, por isso, a preocupação é com o nosso futuro em geral. Estamos numa encruzilhada, em que também é possível que a escola do futuro chegue mais depressa. O relatório anual da OEI Miradas sobre a Educação na Ibero-América escolheu como tema para 2020 as competências para o século XXI. Portugal teve um papel muito ativo neste estudo que acabou por se realizar num tempo de incertezas que também está presente nas reflexões apresentadas.

Link da Inscrição.

Ana Paula Laborinho



Doutorada em Literatura Portuguesa, é Professora na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Tem como área de especialidade as narrativas de viagens, em particular os séculos XVI-XVII e a partir de 1850. Lecionou programas de graduação e pós-graduação nos domínios da Literatura Portuguesa, Literatura Francesa, Literatura Hispano-americana, Narrativas de Viagens, Políticas de Língua e Políticas Culturais. Criou e coordenou a linha de investigação Orientalismo Português no Centro de Estudos Comparatistas da Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Esteve cerca de 14 anos em Macau onde exerceu funções como Diretora no Instituto Cultural de Macau, docente na Universidade de Macau e, no período de 1996 a 2002, Presidente do Instituto Português do Oriente, instituição responsável pela promoção e difusão da língua e cultura portuguesas na Ásia Oriental. Entre 2010 e 2012, foi Presidente do Instituto Camões e, entre 2012 e 2017, Presidente do Camões, Instituto da Cooperação e da Língua, com responsabilidades na promoção externa da língua e cultura portuguesas e no desenvolvimento da política de cooperação internacional. Desde 1 de novembro de 2017, é diretora da representação em Portugal da Organização de Estados Ibero-americanos para a Educação, a Ciência e a Cultura (OEI), organismo multilateral para a cooperação nas suas áreas de missão que integra 23 países ibero-americanos. Desde 1 de novembro de 2020, acumula funções como Diretora Geral do Programa Ibero-americano de Difusão da Língua Portuguesa da OEI.

Read More